O que mudei na minha rotina em 2020

rotina

Depois de um 2019 com altos e baixos e onde acabei por regredir um bocadinho no que toca à alimentação, decidi entrar em 2020 com muito otimismo e motivação e estabelecer uma nova rotina.

A verdade é que tudo o que fazia na minha rotina anteriormente deu resultado até certo ponto, mas chegou uma altura em que deixou de fazer sentido para mim. E como quando fazemos as mesmas coisas vamos sempre obter os mesmos resultados, decidi repensar a minha rotina e tentar encontrar uma que se enquadre mais a mim.

Alimentação mais adequada

A minha rotina alimentar girava sempre à volta do mesmo. Ao pequeno-almoço comia duas fatias de pão torrado/ panquecas/ papas de aveia/ crepioca, fruta e chá ou café. A meio da manhã tinha sempre fome e necessitava de comer algo.

Por notar que independentemente do que comesse de manhã, salvo algumas exceções, tinha sempre necessidade de me alimentar com alguma coisa, decidi alterar o pequeno-almoço e reduzir a quantidade. Aliás, reduzi as quantidades de tudo o que como durante o dia e como mais vezes, porque é o que faz mais sentido para mim e o que me mantém concentrada ao longo do dia e sem necessidade de andar a petiscar isto e aquilo e sempre com aquele “ratinho”.

Exercício sem pressão

Uma das coisas que não ajudaram nada à perda da motivação que tive no ano passado era a pressão que colocava em mim mesma na questão dos treinos. Porque achava que só valia a pena se fosse treinar não sei quantas horas por semana e que tinha de ser sempre hiper motivada, acaba por me sentir culpada se houvesse um dia que faltasse. E muitas vezes faltei porque fazia sobretudo aulas e como prefiro treinar ao final do dia para descarregar a tensão do dia, e também porque me ajuda a dormir melhor, muitas vezes se saísse 10 minutos mais tarde do trabalho já não conseguia fazer as aulas que queria e ficava extremamente frustrada.

Por isso mesmo, comecei a treinar em casa e foi a melhor decisão que tomei. Em casa não tenho pressão. Saio do trabalho à hora que sair, apanho o comboio, faço o meu aquecimento no caminho da estação para casa (que ainda são 15 minutos a pé sempre a subir hehehe), chego a casa, visto os leggings, uma t-shirt e faço duas a três rondas de exercícios que trabalham as zonas mais “problemáticas” para mim: coxas, glúteos e abdominal.

Até agora os resultados têm sido muito bons e estou muito mais em paz comigo mesma. Claro que continuo a ter um longo percurso por percorrer no que diz respeito aos meus objetivos e mesmo em termos de aceitação pessoal.

Prometo que breve partilhar convosco ao pormenor esta nova rotina que defini para 2020!

Imagem: https://br.freepik.com/fotos-vetores-gratis/alimento

Leave a Reply

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.