Suplementos para emagrecer: sim ou não?

Está agora a começar um novo ano e com ele todas a resoluções que fazemos e das quais só nos voltamos a lembrar lá para novembro ou dezembro.

Eu já fui dessas pessoas que diziam “no início do próximo ano vou fazer dieta”. Depois quando chegava esse próximo ano, eu dizia “para a semana/mês que vem é que é”, e assim sucessivamente até acabar o ano sem ter alterado os meus hábitos alimentares.

A minha outra contra o excesso de peso não, contudo, nada de novo para mim. Desde a adolescência que abri guerra às gordurinhas que considero que estão “a mais” e que luto contra o excesso de peso.

No entanto, até há três anos, eu simplesmente não conseguia emagrecer. Era incapaz de “fazer dieta” mais do que um mês seguido e não percebia porque é que não emagrecia, ficava frustrada e acaba por voltar aos meus hábitos alimentares do costume.

Nessa altura, quando iniciava as minhas dietas loucas, que basicamente consistiam em tirar os hidratos, só comer grelhados, sopa e fruta e passar muita fome, comprava também daqueles suplementos para emagrecer.

A verdade é que, provavelmente pela alimentação que levava, conseguia perder 1 a 2kg naquele primeiro e único mês de dieta, mas ela não era sustentável da forma como eu a planeava e por isso acabava por voltar aos meus hábitos normais e recuperava esses 2kg que tinha perdido, apesar de continuar a tomar os suplementos.

Cheguei mesmo a tomar uns comprimidos com cafeína e chá verde que interferiam imenso com o meu sono e não me permitiam descansar. Inicialmente tomava dois, passei para um e mesmo assim não conseguia dormir bem…

Não posso afirmar que os suplementos não façam efeito, não tenho conhecimento suficiente para o dizer, no entanto, comigo, nunca fizeram efeito.

Primeiro, porque eu tomava comprimidos mas depois não tinha uma alimentação cuidada, e depois porque há três anos, quando finalmente mudei o meu ‘mindset’ e comecei o meu percurso de reeducação alimentar, emagreci cerca de 10kg em menos de um ano sem nunca tomar nada, apenas com uma alimentação cuidada e saudável.

Como já vos contei, quando mudei o meu estilo de vida pesava à volta de uns 76kg. Tenho 1,70m, hoje peso 66kg e claro que ainda acho que tenho um percurso a fazer até ter o meu corpo ideal. Vestia o 42 e hoje visto o 38 e isso já foi uma enorme vitória. Consegui tudo isto apenas por mudar pequeninas coisas na minha alimentação e sem passar fome!

Com este post não vos quero convencer de que os suplementos são vilões, apenas partilhar a minha experiência e dizer-vos que a alimentação é, na minha opinião, o vosso maior aliado na perda de peso.

Por isso, se a vossa resolução for perder peso, inspirem-se nas dezenas de receitas que publico por aqui e façam atividades físicas de que gostem e com as quais se sintam bem, porque, acreditem, a alimentação e o exercício físico são realmente a base de tudo e só com estas duas coisas vão conseguir muitos resultados!

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.